quarta-feira, 29 de abril de 2015

Projeto Achados & Perdidos passa pelo Cariri com oficina, espetáculo e perfomance




Quatro artistas se encontram para desnudarem-se em nome de uma obra cênica, instalações e atos performativos. Do dia 29 de abril a 2 de maio, os artistas do Projeto Achados & Perdidos passarão pelas cidades de Crato, Nova Olinda e Juazeiro para realização da oficina “Memória e Cena”, apresentação da encenação “Cenas Esquecidas” e ato performativo.


Quem e o quê os construíram? O que os atordoa? Como a intimidade de cada um reverbera no outro? O Projeto Achados & Perdidos, de Fortaleza, é baseado em fatos reais. Composto por Andrei Bessa, Danilo Castro, Keka Abrantes e Edivaldo Batista, o coletivo se propõe a criar obras abertas, com dramaturgia processual, que dialogam com obras audiovisuais, performances e instalações emaranhadas entre memórias que vão e vem.



Nascido em 2012, o projeto já realizou diversas temporadas pelo Ceará e no Rio Grande do Sul, sendo um dos destaques da Mostra Sesc Cariri de Culturas, em 2013. As ações no Cariri acontecem fruto do edital de circulação da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult-CE) e são realizadas em parceria com a Casa Ninho, do cratense Grupo Ninho, e com a Fundação Casa Grande, em Nova Olinda.

Oficina Memória e Cena – Dias 29 e 30 de abril, de 14 às 18h, no Crato. Gratuito.
O Projeto Achados & Perdidos propõe o resgate de diversos exercícios voltados para a criação de uma dramaturgia que se compõe a partir da memória, enquanto tema e estética. Vivências artísticas que exploram a escavação de materiais pessoais e o atravessamento destes para a criação cênica. Onde: Casa Ninho, Rua Ratisbona, 266, Crato.

Cenas Esquecidas – Dia 30 de abril, 19h, no Crato, e dia 1 de maio, 19h, em Nova Olinda. Gratuito.
Desdobramento cênico com a junção de diversos trabalhos artísticos que iniciaram o processo de criação do projeto, em 2012. Com diversas cenas que interagem com o espaço de apresentação a partir da linguagem teatral, performática e audiovisual, aborda temáticas diversas, sempre partindo das memórias dos artistas que integram o projeto. Onde: Casa Ninho, Rua Ratisbona, 266, Crato. Fundação Casa Grande, Rua Jeremias Pereira, 444, Nova Olinda.

Ato performativo “Francisca”- Dia 2 de maio, pela manhã, em Juazeiro do Norte.
“Minha mãe fez uma promessa, mas ela pagou só a metade. Vou aproveitar o encontro com o Padre Cícero e o misticismo de Juazeiro pra completar essa promessa. A saudade é isso. Minha mãe não está mais aqui. O dia de ontem vai surgir ao encontro do eterno”. Edivaldo Batista.

Informações: 

www.fb.com/projetoachadoseperdidos
www.instagram.com/projetoachadoseperdidos


domingo, 12 de abril de 2015

Projeto Achados & Perdidos no espaço Galpão da Cena, em Itapipoca (CE).

No dia 28 de março de 2015, o Projeto Achados & Perdidos apresentou as Cenas Esquecidas no Ponto de Cultura Galpão da Cena, em Itapipoca (CE).